quarta-feira, 29 de março de 2017

O AÇUDE ORÓS TEVE APORTE, MAS NÃO TEM SE RECUPERADO COMO O GOVERNO ESPERAVA

Apesar do aporte de 802 milhões de metros cúbicos (m³) de água aos reservatórios cearenses de janeiro deste ano até hoje — equivalente a um crescimento de 65% na média geral — o Estado pode chegar ao fim da quadra chuvosa, em maio próximo, quase que com os mesmos recursos hídricos de que dispunha no mesmo período do ano passado.

O volume seria suficiente para manter o abastecimento por mais um ano, mas não para tirar o Ceará da situação de criticidade, conforme analisou a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Se os açudes alcançarem em abril e maio o volume de 12% — atualmente está com 10,4% —, será possível “continuar o padrão de atendimento, mantendo os principais centros urbanos”, afirmou o presidente da Cogerh, João Lúcio Farias.

Segundo o gestor, mesmo que bacias como a do Curu e a do Acaraú tenham recebido boas recargas, saindo de 2% e 10%, respectivamente, para 9,7% e 20,9%, a situação se mantém grave nas regiões das bacias do Alto e do Baixo Jaguaribe, que se sustentam com 10,8% e 1,1%.

João Lúcio ainda alertou que o Orós não tem se recuperado como o Governo esperava. “Tá bem abaixo. Ele teve um aporte de 28,5 milhões (de m³ de água) até agora”, citou.

Além do Orós, os outros dois maiores açudes do Estado, Castanhão e Banabuiú, estão com níveis muito baixos de água. O Castanhão, que desde o dia 9 deste mês voltou a ser o principal fornecedor para Fortaleza, Região Metropolitana (RMF) e Vale do Jaguaribe, se mantinha ontem com 4,96% da capacidade, mesmo tendo recebido recarga de 72 milhões de m³ este ano. Já o Banabuiú, que recebeu 4 milhões de m³, está com 0,63%.

“Abril é um bom mês de recarga”, disse, com expectativa, o presidente da Cogerh. E continuou: “março faz a recarga dos pequenos reservatórios, aqueles que estão em sítios, fazendas. Depois que esses ‘pegam’ água, ela começa a ir pros médios e grandes”.

Do aporte de 778 milhões de m³ este ano no Ceará, 671 milhões de m³ foram só neste mês de março.

Orós
Para o presidente do Comitê de Bacia do Alto Jaguaribe, Ceza Cristóvão, a recuperação hídrica do Orós preocupa moradores da região porque, mesmo que o reservatório tenha suspendido o suporte ao Castanhão, reunião marcada para o dia 18 de abril, em Iguatu, deve avaliar nova abertura das comportas do açude. “É o (manancial) mais importante da nossa bacia. Tem que chover muito pra ele encher”, explicou o gestor.

De acordo com Ceza, o comitê só é contrário ao uso do Orós para ajudar a abastecer Fortaleza e RMF porque não recebe, por parte do Estado, nenhuma contrapartida em recursos para investir na bacia.




Fonte O Povo

PREFEITO SIMÃO PEDRO ASSINA TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS

O Prefeito Simão Pedro, assinou juntamente com o Secretário Estadual de Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, na tarde desta segunda-feira (27/03), um termo de cooperação técnica do PAA (PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS).
O termo de cooperação técnica tem como objetivo a conjugação de esforços entre as partes, para a implantação/execução, no município de Orós/CE, do programa de aquisição de alimentos na modalidade incentivo à produção e ao consumo do leite por meio da aquisição de produtos agropecuários produzidos por agricultores, familiares que se enquadrem no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF.

“Temos um grande interesse em alavancar a agricultura familiar em nosso município, para isso acontecer estamos trabalhando junto ao governo do estado em busca de benefícios, não só para a agricultura mais para todas as áreas do nosso município”. Disse o prefeito Simão Pedro.

sábado, 25 de março de 2017

PREFEITO SIMÃO PEDRO É ELEITO MEMBRO DO COMITÊ DA SUB-BACIA HIDROGRÁFICA DO ALTO JAGUARIBE

O Prefeito Simão Pedro participou nesta quinta-feira (23/03) em Iguatu da 16ª Reunião Extraordinária do CSBHAJ (Comitê da SUB-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe), cujo o objetivo principal era o preenchimento da vaga ociosa do colegiado do comitê do Alto Jaguaribe.
A vaga seria disputada por 6 municípios, mas por desistência, o Município de Orós concorreu apenas contra o município de Quixelô, ganhando a vaga no Comitê de Bacias por 15 votos contra 8. Sendo assim o Prefeito Simão Pedro representando Orós, agora tem poder de voto nas reuniões do comitê de bacias hidrográficas do Alto Jaguaribe.

O coordenador do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Orós, Paulo Landim, que é membro do comitê votou contra o município de Orós, tentando enfraquecer a força de voto do município nas reuniões do comitê.

sexta-feira, 24 de março de 2017

O AÇUDE ORÓS ESTÁ ENTRE OS 86 QUE RECEBERAM APORTE

Conforme os dados do monitoramento diário da Cogerh, houve aportes em 86 açudes, destacando-se os açudes Acarape do Meio, Angicos, Aracoiaba, Araras, Ayres de Sousa, Banabuiú, Castanhão, Caxitoré, Cedro, Figueiredo, Frios, General Sampaio, Jaburu I, Orós, Pedras Brancas, Pentecoste e Taquara. O manancial Jatobá deixou o volume morto.

Nos últimos sete dias, os maiores aportes ocorreram em General Sampaio, Araras, Castanhão, Itaúna e Acaraú Mirim. Atualmente, 43 açudes estão com volume morto, enquanto 20 permanecem secos.


OBRA DE URBANIZAÇÃO E PAISAGISMO DO CENTRO COMERCIAL DE ORÓS

O prefeito Simão Pedro visitou as obras de reforma que estão sendo realizadas na Praça Anastácio Maia, calçadas e canteiros centrais. A visita, segundo Simão Pedro, serve para verificar como está o andamento da obra.
Com investimento de quase R$ 3 milhões de reais, conseguidos
através do Deputado Estadual Agenor Neto, as obras vão revitalizar o centro urbano da cidade, humanizando os espaços públicos, e proporcionando aos cidadãos qualidade e conforto ao trafegar pela cidade.
O Prefeito Simão Pedro disse que as obras contemplam uma antiga reivindicação dos moradores da cidade, e representam uma vitória do povo de Orós.

Confira aqui o projeto de urbanização

chuva!

   
                                                                 imagem ilustrativa
Segundo informações de Um morador  do Sitio Brejinho/Orós, HOJE 24/03, choveu 60 mm naquela comunidade foi o que registrou um medidor particular.

Em Palestina 58. mm, e em Guassussê 43 mm, informações da funceme.

10 maiores chuvas por Municípios no dia:
(190 postos com chuva de 191 informados)

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Siupe) : 98.0 mm

Ipaumirim (Posto: Santo Antônio) : 95.4 mm

Beberibe (Posto: Paripueira) : 86.2 mm

Beberibe (Posto: Lagoa Funda) : 75.0 mm

Trairi (Posto: Trairi) : 73.0 mm

Itaitinga (Posto: Seman) : 63.3 mm

Aracati (Posto: Aracati) : 62.6 mm

Tianguá (Posto: Tiangua) : 61.4 mm

Quixelô (Posto: Quixelo) : 60.0 mm


Horizonte (Posto: Horizonte) : 59.0 mm

                       Previsão:

Previsão para o dia 24/03/2017
No decorrer do dia, céu nublado com chuvas no centro-norte do estado. No sul, nebulosidade variável com chuvas.
Previsão para o dia 25/03/2017
Ao longo do dia, céu nublado com chuva no centro-norte do Ceará. No sul, nebulosidade variável com chuva.
Previsão para o dia 26/03/2017
No decorrer do dia, nebulosidade variável com chuva em todas as regiões cearenses.
Análise - 24/03/2017
A imagem do satélite GOES-13, canal Visível, das 8h30 local, mostra que há nuvens em todo o Ceará. A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas, tem seu posicionamento próximo à costa norte do Nordeste brasileiro (NEB). No leste do NEB, observa-se a presença de um Cavado de Altos Níveis (CAN), sistema de baixa pressão atmosférica e circulação horária a aproximadamente 12km de altura. 

quinta-feira, 23 de março de 2017

PREFEITO SIMÃO PEDRO SE REÚNE COM SECRETÁRIOS MUNICIPAIS

O Prefeito Simão Pedro, reuniu a equipe de secretários e assessores, nesta quarta-feira, (22/03), para avaliar cada secretaria e suas ações desenvolvidas na municipalidade.
Durante a reunião cada secretário apresentou as principais ações de sua pasta. Para o prefeito o objetivo da reunião foi realizar um balanço das principais ações e atividades de cada secretaria.

"Sempre avalio as ações governamentais e procuro orientar no sentido de melhorar cada vez mais, para que possamos tornar um Orós cada vez melhor para todos.”, define Simão Pedro.