sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Rio Salgado, em Lavras da Mangabeira, tem primeira cheia do ano e abastece o Castanhão


Na passagem molhada de Lavras da Mangabeira, sangria é 5cm.

O Rio Salgado, em Lavras da Mangabeira, registra a primeira cheia do ano. A água das últimas chuvas que banharam a região do Cariri escorrem pelo leito do rio, que é um dos afluentes do Rio Jaguaribe, no município de Icó, e depois de percorrer mais de 100 km deságua no Açude Castanhão. A informação é do Diário do Nordeste.

Daí a importância da chuva no Cariri e nos Inhamuns, para reabastecer as bacias do Salgado e do Jaguaribe e permitir a recarga dos açudes Orós (está com volume de 5,7%) e Castanhão (2,1%).

A chegada da água em Lavras da Mangabeira é motivo de alegria entre os moradores. Na passagem molhada, sobre o Rio Salgado, que dá acesso ao centro urbano, a lâmina de sangria é de 5cm. “Aqui está todo mundo feliz com as chuvas e a cheia do rio, embora reduzida, mas importante depois de um período de seca”, observou o radialista, Nilton Oliveira. “Essa água vai escorrer até o Castanhão se as chuvas continuarem no Cariri e é isso que a gente espera que aconteça neste ano, pois o inverno está apenas começando”.

Materia extraída do blog do elber feitosa

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

CONVITE/ CONFERÊNCIA MUNICIPAL

CLIK NA IMAGEM PARA AMPLIAR

PREFEITO SIMÃO PEDRO SE REÚNE COM PROFESSORES, VEREADORES, E REPRESENTANTES DO SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS PARA EXPLICAR A SITUAÇÃO FINANCEIRA DO MUNICÍPIO DE ORÓS

O prefeito de Orós, Simão Pedro, na tarde desta quarta-feira (24/1) se reuniu com representantes do sindicato de servidores públicos, vereadores, secretários municipais, professores e técnicos das áreas de finanças e contabilidade da prefeitura, para falar sobre a situação financeira do município e debater medidas a serem tomadas para amenizar as dificuldades financeiras.

Como é de conhecimento geral, a crise financeira no Brasil tem sido a maior dos últimos tempos, o que acabou afetando as contas públicas, sobretudo nos pequenos municípios que dependem muito dos repasses federais que vem diminuindo e tendo uma série de cortes nos últimos anos, enquanto que as obrigações não apenas permanecem, mas também vem aumentando.


Ao reunir sindicato, vereadores e os representantes da categoria, o prefeito Simão Pedro demonstrou sinceridade e honestidade da administração mostrando a realidade financeira do município, procurando estabelecer ajustes para futuros pagamentos e a presentar a situação financeira que o município de Orós passa devido à queda nos repasses federais.

50% DE DESCONTO BOLSA SOCIAL FVS 2018

CLIK NA IMAGEM PARA AMPLIAR

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

PREFEITO SIMÃO PEDRO RECEBE DEPUTADO ESTADUAL AGENOR NETO E ENGENHEIRO DA ADECE VISANDO INSTALAÇÃO DE EMPRESAS NO MUNICÍPIO DE ORÓS


O prefeito Simão Pedro, recebeu na tarde desta quinta-feira (18/01), o deputado estadual Agenor Neto, secretário Executivo da SRH, Aderilo Alcântara e o engenheiro Daniel da ADECE (Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará), para vistoria de algumas infraestruturas no município, objetivando a elaboração de laudo visando futuras instalações de empresas.


“Que possamos juntos com o deputado Agenor Neto e o Governo do Estado do Ceará, através da presidente da ADECE, Nicolle, agregar valores para trazer empresas e gerar empregos no nosso município.” Afirmou o prefeito Simão Pedro.

Todas as informações são de inteira responsabilidade da pagina do governo municipal de Orós no facebook

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

ESTADO INTENSIFICA FISCALIZAÇÃO DO USO DA ÁGUA NO CEARÁ - AÇUDE ORÓS, COM APENAS 5,8%

Iguatu. Nas reuniões de alocação de água dos Comitês de Bacias Hidrográficas há denúncias sobre desvio de água liberada nos leitos dos rios por produtores rurais. Mediante o quadro de longa estiagem e escassez do recurso hídrico enfrentado pelo Ceará, o governo intensificou o combate às irregularidades e em 2017 o número de ações fiscalizadoras aumentou 27,5% em relação a 2016.

Os dados são da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). A região do Jaguaribe, onde está localizado o Açude Castanhão, foi uma das áreas onde a presença dos fiscais foi mais intensa. Em comparação ao número de ações realizadas em 2016, o vale jaguaribano recebeu cerca de 300 contra 260 realizadas anteriormente.

A coordenadora do núcleo de fiscalização da Cogerh, Nice Cavalcante, explicou que o baixo nível dos reservatórios foi um dos motivos para ampliar a fiscalização no uso da água. "Diante do quadro de seca severa, nós tivemos que ser enérgicos, pois o uso prioritário é para o abastecimento humano", pontuou. "Ali na região do Jaguaribe ainda há muitas comunidades que utilizam a água direto do rio".

Ações

Ao todo, 818 ações de fiscalização foram realizadas no ano passado em todo o Estado. Em 2016, esse número chegou a 641. Só na região jaguaribana, foram lacrados 96 equipamentos irregulares, como bombas e outras estruturas. Além disso, 67 relatórios de vistoria, instrumento de controle dos recursos hídricos, foram emitidos pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

O trabalho de fiscalização é realizado em conjunto pela Cogerh, Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA). Ele é norteado pelas premissas definidas nos Comitês de Bacia Hidrográfica do Estado. "Se detectarmos alguém utilizando a água para irrigação, quando esse uso tiver sido vetado pelo Comitê, por exemplo, nós autuamos o infrator. A água é um bem público e aquilo definido pelo Comitê deve ser cumprido", complementou Nice.

Educação

Segundo a Cogerh, a equipe de fiscalização atua de forma educativa, transmitindo informações aos comitês e promovendo campanhas de fiscalização em todo o Estado. "Durante o trabalho de campo, os agentes fiscalizadores também trabalham no sentido de educar. A Lei de Recursos Hídricos permite essa flexibilidade", pontuou Nice Cavalcante. A fiscalização é realizada com base na Lei Estadual de Recursos Hídricos.

O integrante do Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, Paulo Landim, é um dos que reclamam do uso irregular de água ao longo do leito do Rio Jaguaribe por produtores rurais, criadores de camarão.

"Muitas vezes, a liberação de água não atende à demanda do médio e baixo Jaguaribe porque há desvio", disse Landim. "Esperamos que as ações de fiscalização sejam intensificadas ainda mais", reforçou Landim.

O Açude Orós, localizado no Alto Jaguaribe, acumula atualmente apenas 5,8% e quem está em seu entorno luta para que não se retire toda a água.

"A Cogerh sempre alega que é preciso liberar cada vez mais para atender à demanda do médio e baixo Jaguaribe, mas sabemos que há desvio e, por isso, a água não chega ao ponto programado", reforçou Landim.


Fonte: Diário do Nordeste por Honório Barbosa

Texto extraido do portal Orós

GOVERNO MUNICIPAL DE ORÓS CELEBRA CONVÊNIO COM FVS QUE OFERECERÁ BOLSAS DE ESTUDO PARA CIDADÃOS OROENSES


O Governo Municipal de Orós está firmando parceria com a FVS (Faculdade Vale do Salgado) que irá permitir o acesso ao ensino superior a estudantes de Orós. Através do programa Bolsa Social o município de Orós irá conceder bolsas de estudo com descontos de 50% para os cidadãos oroenses que se enquadrarem nos requisitos necessários.

Será feito um processo seletivos (vestibular) para que os cidadãos possam concorrer as bolsas válidas para o cursos até a sua conclusão. Este processos eletivo será divulgado em breve pelo Governo Municipal, além de todas as informações sobre a parceria entre o Governo Municipal e a FVS. Ao todo serão 44 (quarenta e quatro) bolsas distribuídas nos diversos cursos ofertados pela instituição. A Faculdade Vale do Salgado vem se destacando com uma das principais instituições de ensino superior do estado Ceará.
Com o convênio o Governo Municipal de Orós dá mais um passo importante para garantir aos cidadãos oroenses um ensino superior de qualidade, além de permitir o fortalecimento do mercado de trabalho local. O município mantém hoje parcerias importantes com a UFC, UECE e IFCE ofertando cursos para a população através da Universidade Aberta do Brasil. Esta nova parceria, agora com a FVS, permite o acesso ao ensino superior em áreas não abrangidas pela UAB.

Na FVS são ofertados cursos nas áreas de: Administração, Ciências Contábeis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia e Serviço Social.




TEXTO EXTRAIDO DA PAGINA OFICIAL GOVERNO MUNICIPAL DE ORÓS

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

GOVERNO MUNICIPAL DE ORÓS, SEBRAE E SENAC OFERTAM CURSOS BENEFICIANDO JOVENS OROENSES


Agregar novas ideias, conquistar uma vaga no mercado de trabalho e descobrir uma nova vocação, são as motivações que fazem parte da realidade dos jovens oroenses que participam dos cursos gratuitos de salgadeiros e montadores e reparadores de computadores, realizados pela secretaria da Assistência Social do Município em parceria com o SENAC.

O Governo Municipal de Orós, tendo a frente o prefeito Simão Pedro, através da secretaria de assistência social em parceria com o SEBRAE, SENAC, SENAI, SENAR, Criando Oportunidade e STDS, já ofereceu oportunidade a mais de 1000 (mil) jovens oroenses. Dentre os cursos oferecidos estão: operador de caixa, operador de computador, depilador, manicure, montador e reparador de computador, eletricista predial, recepcionista, salgadeiros além de vários outros cursos.
O SEBRAE esteve recentemente prestando assistência aos beneficiados dos cursos, mostrando a melhor forma de como abrir o seu próprio negócio dando mais capacitação aos jovens oroenses.

“O objetivo é oferecer oportunidade para nossa juventude oroense, capacitando a mão de obra e melhorando a qualidade de vida dos jovens e de todos aqueles que buscam mais aprendizado, até mesmo de uma oportunidade de renda.”, afirmou o prefeito Simão Pedro.


Fonte: PAGINA GMO

ORÓS: APREENSÃO DE VEÍCULOS (MOTOCICLETAS)



Informo que dia 16/01/2018, por volta das 09h30min, a equipe de serviço na CP-10112, abordou os indivíduos: J N N, brasileiro, solteiro, estudante, natural de Orós/CE, guiando a motocicleta HONDA/CG 125 TITAN KS – 2001/2001 PRATA.

Como também F. J. B., brasileiro, solteiro, desocupado, natural de Orós/CE, guiando a motocicleta HONDA/CG 125 TITAN ES – 2002/2003 VERDE, que foram abordados na Praça Padre Cícero, Centro de Orós, sendo que o segundo não possuía a devida habilitação para conduzir veículo automotor.

Ambos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Orós para as medidas cabíveis e as motocicletas encaminhadas ao Órgão de Trânsito local.




Fonte: Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 17 de janeiro de 2018. SD PM HELAINE / SD PM LEONARDO (Operadores de Comunicações).

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

PREFEITO SIMÃO PEDRO ACOMPANHA OBRAS NO CENTRO COMERCIAL DE ORÓS



O prefeito Simão Pedro visitou as obras de reforma que estão sendo realizadas nas calçadas da rua Epitácio Pessoa. A visita, segundo Simão Pedro, serve para verificar como está o andamento da obra e também é uma oportunidade de medir o grau de satisfação das pessoas.
A reforma nas calçadas procura oferecer mais acessibilidade a população assim como melhorar o trafego dos pedestres no centro comercial de Orós.
“Orós que já é belo por suas imensas riquezas naturais irá ganhar novos espaços em sua sede urbana. Tudo pensado com inteligência e competência, por arquiteto especialista em urbanização”, comentou o prefeito Simão Pedro.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

ORÓS: IDENTIFICADO O TERCEIRO CRIMINOSO QUE ACABOU MORTO DURANTE CONFRONTO COM A POLICIA NO SITIO MONTANTE

O terceiro criminoso que morreu durante o confronto com a policia (policiais militares cotar), na manhã de ontem, quarta-feira (03), no Sitio montante, em Orós, estava sem indetificacão com documentos roubados, foi identificado pela policicia, Trata- se do ex- presidiario Carlos Bezerra Gomes, 21 anos, natural de Jaguaribe-Ce; tinha saido a pouco tempo da cadeia, respondia a varios delitos:  porte de arma de fogo, receptacão e muito mais. Ele morava no bairro Curralinho em Jaguaribe.
O que foi encontrado com o trio que tombou morto:
Três pistolas de calibres ponto 40, 45 e 380 e dezenas de munições intactas e deflagradas com cinco carregadores. Também um carro modelo Astra com inscrição de Feira de Santana na Bahia que havia sido roubado na noite desta terça-feira (2) na ponte Piquet Carneiro de Icó e uma motocicleta.
Inforçoes: Richardes lopes

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Confronto com a policia em Guassussê/Orós

POLÍCIA MILITAR RECEBIDA A BALA NO SÍTIO MONTANTE – ORÓS E NO CONFRONTO 3 SUSPEITOS SÃO MORTOS

DE ACORDO COM FONTES NÃO OFICIAIS AS FOTOS E NOMES DIVULGADOS PELA POLÍCIA NÃO SÃO DOS HOMENS MORTOS E SIM DE PESSOAS QUE FORAM ASSALTADAS PELOS ACUSADOS.
Os moradores do sítio Montante (Guassussê) distante cerca de 12km da sede Orós, acordaram assustados na manhã de hoje quarta-feira (3), quando por volta das 6 horas da manhã se iniciou um intenso tiroteio entre policiais militares do Cotar e suspeitos de diversos crimes.
De acordo com a polícia militar uma denúncia dava conta que algumas pessoas estavam em atitudes suspeitas e estariam escondidas em uma residência no sítio Montante. Ao chegarem no local a polícia foi recebida a tiros e revidaram.
Três homens suspeitos morreram durante a ação policial. Eles foram identificados como Hércules Alves Brasil, 19 anos, natural de Cedro, conhecido por Lourinho, Raimundo Nonato Rodrigues Nunes, 23 anos, natural de Icó, residente no Posto Continental e Lucas De Freitas Pereira, de 23 anos, conhecido por Luquinha, residente na rua do Cruzeirinho.
APÓS O CONFRONTO FORAM APREENDIDOS:
Três pistolas de calibres ponto 40, 45 e 380 e dezenas de munições intactas e deflagradas com cinco carregadores. Também um carro modelo Astra com inscrição de Feira de Santana na Bahia que havia sido roubado na noite desta terça-feira (2) na ponte Piquet Carneiro de Icó e uma motocicleta.
Ainda na ação da polícia do batalhão de choque três mulheres foram conduzidas a Delegacia Regional de Polícia Civil de Icó e apresentadas ao delegado Erlon Leite F. dos Reis para os procedimentos cabíveis.
Os homens mortos são os principais suspeitos de uma série de crimes em Icó.
CRIMES
No último dia 22 de outubro do ano passado, a funcionária pública municipal, Maria das Graças Pinheiro do Monte, de 49 anos foi fuzilada com dezenas de tiros de pistola por uma dupla de moto em frente a sua residência na rua do Matadouro. Maria teria sido morta pelo fato de ter amizade com a polícia. Os matadores fugiram na época após matar Maria das Graças.
Outro crime atribuído aos suspeitos mortos é o do comerciante Cleriston Paulo Bezerra Batista, conhecido por Bombom. O comerciante foi morto a tiros de pistola dentro de seu estabelecimento e toda ação foi captada por câmeras. Bombom tinha 32 anos de idade.
Outra morte que pesa contra o trio é a do agropecuarista Raimundo Pequeno Landim, de 53 anos, conhecido por Raimundinho, eliminando com vários tiros de pistola no último domingo, dia 31, na rua Ilídio Sampaio, quando aguardava com familiares a passagem de ano. Os matadores deixaram uma moto em um beco a pé e de cara limpa foram em direção a vítima abrindo fogo para fugir em seguida.

Com informações da Polícia Militar e do radialista Richard Lopes

Material extraido do portal Orós



segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Chuva de 9.0 mm é registrada em Orós

De acordo com funceme, Na madrugada desta segunda-feira, (25/12), uma chuva de 9.0 mm foi registrada no município de Orós. Pouca coisa, mas já nos deixa bastante alegres com a esperança de um bom inverno em 2018.

Precisamos muito que ocorra fortes precipitações, pois até os grandes açudes estão em uma situação assustadora. O Orós por exemplo está com menos de 7%, d/ sua capacidade, e o Castanhão com menos de 3%.

sábado, 16 de dezembro de 2017

Situaçao do açude Orós com menos de 8%

O nível do açude Orós baixou e, pela primeira vez, ruínas da antiga Conceição, demolida e inundada para dar lugar a um dos maiores reservatórios da região,
Este sujeito está em cima da torre de uma igreja daquela antiga vila.                                

Depois de 53 anos submersas, as memórias de moradores da Conceição do Buraco, a 344 quilômetros de Fortaleza, voltaram à tona. O nível do açude Orós baixou e, pela primeira vez, ruínas da antiga Conceição, demolida e inundada para dar lugar a um dos maiores reservatórios da região, reapareceram com a pior seca dos últimos 50 anos no Ceará, segundo Site da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Construção
A construção foi iniciada na década de 1950, no governo de Juscelino Kubitschek. Ainda quando estava em construção, em 1960, o açude provocou uma grande inundação deixando vários vilarejos completamente alagados.

O mais famoso deles é Conceição do Buraco, hoje conhecido como Guassussê. Na época, o Rio Jaguaribe, que abastece o açude, passou por uma grande cheia fazendo com que o Orós transbordasse e sofresse um arrombamento parcial.

Concluída
Concluído em 1960, Açude Orós, é o segundo maior açude público para múltiplos usos do Ceará, e tem um volume total de 1,940 bilhões métricos cúbicos, mas atualmente está com 6,50% da capacidade, de acordo com Sita da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do estado (Cogerh). É o nível mais baixo desde da sua construção.

Para conhecer ou reconhecer a antiga Conceição do Buraco, foi preciso navegar cerca 55 minutos pelas água do Orós. Os primeiros sinais da Vila são os tijolos e os restos de moinho de farinha, e as parede das casas não existe mais, só alguns tijolos mesmo com passa do tempo alguns deles continua intacta.